Posted by: edsonma | June 30, 2010

Mochilão 2010 – Rio Branco

Dia 05/06/2010

Rio Branco

Saímos de casa 21:00 para o aeroporto Juscelino Kubitschek em Brasília. ponto inicial da nossa mochilada pela América do Sul. O avião decolou às 23:20 e pousou em Rio Branco às 01:40 da manhã do fuso horário de lá.

Fiquei impressionado quando cheguei em Rio Branco, pois a minha sensação de que desembarquei em uma cidade considerada por muitos lenda,  no cantinho norte do país, foi realmente diferente. A primeira reação ao descer do avião foi averiguar se realmente estava no Acre: olhei para a torre de controle do tráfego aéreo e realmente estava escrito “RIO BRANCO”!  Ainda fiquei um pouco em dúvida se estava sonhando acordado ou se fui enganado por um cenário falso hehehehe!

Olhei em volta do nosso avião pousado e notei uma quantidade grande de aviões em volta: vi cerca de 5 aviões pequenos (teco teco) e um avião da GOL (o mesmo que eu acabei de descer) haha! Uma escuridão ao longe… nenhuma luz…! It’s we, only we!😀 hehe

O aeroporto totalmente vazio nos permitiu retirar a bagagem bem rápido (coisa que não acontece em guarulhos!) e buscamos um táxi para a casa do meu amigo Demétrius, que iria nos hospedar aquela noite. O taxista era um senhor super amigável, simpático e bem conversador. Ele tinha uma fala rápida difícil de acompanhar (falava ao estilo locutor de rádio futebolístico!) e nos contou em apenas alguns minutos toda a história de Rio Branco:  contou sobre a cidade e suas ruas, sobre a empresa de táxi que ele está conseguindo fazer se popularizar pela região, sobre eventos que tem na cidade e festas no antigo aeroporto.

A casa do Demétrius é bem grande e ele nos recebeu super bem! Tinha um tempo que não via esse meu amigo em Brasília e de coincidência ele tinha ido morar em Rio Branco haha!

Dia 06/06/2010

Alvorada foi às 8:30 e tive um banho bom para acordar! Ele nos levou até uma feira no centro de Rio Branco (Mercado Velho se não me engano) e tivemos um café da manhã típico Acreano: mingau de banana e baixaria (uma mistura de cuscuz de milho, carne moída, ovos fritos e salada verde).

Ao lado de onde tomamos café existia um moedor de açaí! Nunca tinha visto semente de açaí moído na hora e pedi um litro para experimentar. O gosto do açaí lá é bem mais forte e bem mais gostoso: um copo do açaí de lá correspondia mais o menos a uma concentração de 3 copos do “açaí processado” de Brasília. Seu eu pudesse teria levado 10 L para casa!

O café da manhã foi bemmm porreta e foi bom pra começarmos a viagem bem alimentado! A comida estava bem gostosa e foi uma pena comer tudo muito rápido: o ônibus iria para Puerto Maldonado às 10:00! O planejamento nosso podia ter sido um pouco mais flexível e ter ficado um dia a mais em Rio Branco. Realmente senti que não conheci direito Rio Branco e muitas outras coisas interessantes daquela região mas pelo menos agora tenho uma boa desculpa para voltar lá e poder comer novamente o mingau de banana (muito bom!!)

Exatamente às 9:55 da manhã, nos despedimos e subimos no ônibus da Movil Tours. O ônibus era bem limpo e confortável e tinha um assistente que se chamava Javier. Ele nos informou a duração da viagem (10 a 11 horas) e o procedimento (pegar um barco/balsa para chegar a cidade de Puerto Maldonado) que teríamos que tomar ao chegar no fim da estrada, que  acabava às margens do Rio Madre de Díos (Rio Madeira no Brasil).

Durante o trajeto, tivemos pausa para almoço em um restaurante chamado “Boi na Brasa”. O preço era R$30.00/Kg e foi nosso último almoço no Brasil antes de sair para o exterior (como senti falta dessa comida!! Depois tem o porquê). Também tivemos que passar pela imigração Brasileira/Peruana as 15:20 do horário local e carimbamos nosso passaporte junto com boletos de entrada/saída. Na parte Peruana troquei US$ 100,00 por $275,00 Soles. Essa cotação foi horrível!! Descobri depois que uma cotação boa seria $285,00 Soles o Dolar.😦

Depois da imigração…. uhuuuuuuu entramos no PERU! hehehehehe

Mais imagens em: http://picasaweb.google.com/edsonma/Mochilao2010RioBrancoBrasil#

Ps.: Passamos também por Capixaba, Brasiléia e uma ponte sobre o rio Acre.


Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

Categories

%d bloggers like this: